terça-feira, 30 de março de 2021

Polícia Militar do Estado da Bahia | com honras militares, corpo do soldado Wesley Góes é sepultado em Itabuna

O soldado da Polícia Militar do Estado da Bahia Wesley Góes, de 38 anos, que foi morto após atirar contra policiais, após um possível surto, em Salvador, foi enterrado na tarde desta segunda-feira (29), em Itabuna, no Sul Baiano. Amigos, familiares, além de centenas de policiais participaram do enterro no cemitério Campo Santo, em Itabuna. Foram os amigos policiais que carregaram o caixão para o momento da despedida. Pouco depois das 17 horas, o corpo de Wesley foi enterrado sob muita comoção, aplausos e uma homenagem com fogos de artifício. Ainda na manhã desta segunda-feira, só que Itacaré, cidade onde Wesley era lotado e a cerca de 100 km de Itabuna, cerca de 200 policiais fizeram uma homenagem para. Os policiais, que estavam de máscaras de proteção da Covid-19, fizeram uma roda e uma oração para Wesley Góes. O policial estava noivo e morava em Itacaré. Ele era conhecido por ser uma pessoa alegre. Segundo a Polícia Militar, em 13 anos de serviço, ele nunca apresentou comportamentos que sugerissem problemas psicológicos.