sexta-feira, 13 de novembro de 2020

ITAPETINGA RECEBE ETAPA DO CIRCUITO NELORE DE QUALIDADE

O Circuito Nelore de Qualidade chega pela primeira vez, em 2020, na cidade de Itapetinga (BA), nos dias 11 e 12 de novembro. O evento, promovido pela Associação dos Criadores de Nelore do Brasil (ACNB) e pela Associação Baiana dos Criadores de Nelore (ABCN), acontecerá na planta da Friboi na cidade. Pecuaristas da região podem entrar em contato com a empresa para escalar seus animais para o abate. A expectativa é avaliar 423 animais.
“O Circuito é uma ferramenta extremamente importante para avaliação dos animais, do sistema de produção, do manejo e da genética utilizada pelos pecuaristas. Fornecendo ao produtor informações detalhadas sobre idade, peso e cobertura de gordura nas carcaças de seus animais, podemos ajudá-lo a produzir o padrão desejado pelo frigorífico, buscando assim, melhor remuneração e propiciando ao consumidor um produto de melhor qualidade”, afirma o presidente da ACNB, Nabih Amin El Aouar.
Itapetinga tem como marca a pecuária: possui um rebanho de mais de 120 mil cabeças de bovinos e é responsável pela produção de 15 mil litros de leite de vaca, segundo o Censo Agropecuário 2019 do IBGE.
Contatos para inscrições
Para participar da etapa do Circuito Nelore de Qualidade em Itapetinga, os pecuaristas devem entrar em contato com a unidade da Friboi pelo telefone (77) 3221-1206 e falar com Eduardo. Qualquer produtor pode participar do Circuito Nelore com lotes a partir de 18 cabeças.
Circuito Nelore de Qualidade
Realizado pela Associação dos Criadores de Nelore do Brasil (ACNB), o Circuito Nelore de Qualidade fortalece e promove a genética e a carne da raça, contribuindo para elevar a produtividade da pecuária nacional. A iniciativa avalia resultados obtidos pelos produtores, cada qual em sua realidade e sistema de produção.
Promovido desde 1999, o Circuito conta com apoio da Friboi e Matsuda Sementes e Nutrição Animal e cresce a cada ano: em 2020, estão previstas 40 etapas em 11 estados. Até o fim do ano, 25 mil animais devem ser avaliados, consolidando o Circuito Nacional de Qualidade como o maior campeonato de avaliação de carcaças de bovinos do mundo.