sábado, 10 de outubro de 2020

Em duas semanas de campanha, candidatos já injetaram mais de R$ 40 milhões

A campanha eleitoral começou oficialmente em 27 de setembro, e duas semanas depois os candidatos já tiraram R$ 40,7 milhões dos próprios bolsos para financiar suas campanhas. 

A informação foi apurada pelo G1 em um levantamento feito com base em dados disponíveis no Tribunal Superior Eleitoral. 

A reportagem traz que neste período, 27% da receita das candidaturas são de recursos próprios dos candidatos. O montante só é menor que o dinheiro enviado para as campanhas pelos partidos, que chega ao R$ 65,2 milhões.

Os dados levantados pelo portal mostram que 23 candidatos transferiram mais de R$ 100 mil em recursos próprios para as campanhas. Porém, a maioria de todos os 9.903 candidatos que injetaram dinheiro na própria candidatura (83%) colocou valores mais baixos, de até R$ 5 mil.