SCHIN

SHOP DA CONSTRUÇÃO

SHOP DA CONSTRUÇÃO

quarta-feira, 12 de setembro de 2018

Homem de 57 anos é preso acusado de estuprar 3 crianças em Maiquinique

O homem já havia sido denunciado á Justiça Criminal em 2013, sob acusação de abusar sexualmente de duas crianças de 9 e 10 anos…
Na manhã desta terça-feira (11), investigadores da Polícia Civil cumpriram mandado de prisão preventiva contra o trabalhador rural Diolino Pereira Silva, de 57 anos, acusado de estuprar três crianças no município de Maiquinique, no interior da Bahia.

Reincidente

As informações apuradas pelo site Itapetinga Repórter dão conta que o homem já havia sido denunciado á Justiça Criminal em 2013, sob acusação de abusar sexualmente de duas crianças de 9 e 10 anos. O crime aconteceu na fazenda Água Bela quando as vítimas estavam de férias. Na época, o acusado apresentou-se espontaneamente na delegacia, negou o crime e acabou liberado após interrogatório.

Professora descobre que aluna sofria abusos sexuais

Recentemente, surgiu mais uma denúncia contra o senhor Diolino, graças a uma palestra ministrada por uma professora, na cidade de Maiquinique. Conforme fontes ouvidas pela reportagem, o assunto da palestra era justamente abusos sexuais cometidos contra crianças e adolescentes. Uma menina de apenas 11 anos que participava do evento começou a chorar, inesperadamente. Em seguida, a educadora conversou com a criança em particular para saber o que estava acontecendo. A história narrada pela a menor era assustadora e repugnante: a menina era abusada sexualmente desde os 5 anos pelo o próprio avô. O Conselho Tutelar entrou no caso juntamente com a Polícia Civil.

Prisão cinematográfica

Após a segunda denúncia, seu Diolino estava bastante desconfiado. Ele sabia que a Polícia Civil iria prendê-lo cedo ou tarde. A justiça autorizou a prisão do acusado na última semana.

A região onde o homem foi preso é de difícil acesso, mas o alvo dos investigadores conhece a localidade como a palma da mão. Ele podia fugir do cerco policial e se esconder facilmente na propriedade rural. Os policiais descobriram a rotina do investigado. Seu Diolino foi cercado e preso quando pegava leite em uma fazenda vizinha. Para não chamar atenção, os investigadores se passaram por trabalhadores rurais, inclusive, usaram roupas e calçados apropriados para o trabalho no campo.

‘Tudo armação da sogra’

As vítimas eram molestadas e o homem vai responder por estupro de vulnerável. Ele nega ter estuprado as crianças e diz que as denúncias foram inventadas por sua sogra para tirá-lo da fazenda dela.

A 3ª vítima está recebendo apoio psicológico.

Nenhum comentário:

Postar um comentário