SCHIN

SHOP DA CONSTRUÇÃO

SHOP DA CONSTRUÇÃO

quarta-feira, 8 de agosto de 2018

RICARDO ELETRO ENTRA EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL E DEVE MUDAR DE NOME

A varejista Máquina de Vendas, conhecida pela bandeira Ricardo Eletro, está próxima de anunciar a sua recuperação extrajudicial. Com dívidas de R$ 2,5 bilhões, a empresa deve fechar o acordo com os seus credores até o fim do mês, de acordo com levantamento da revista Exame. Assim que confirmado o acordo com credores, a Máquina de Vendas deve receber um aporte de R$ 500 milhões do fundo americano Apollo, que se tornará controlador da empresa.

Pelo menos por enquanto, o controlador Ricardo Nunes seguirá no comando da varejista. Mas, segundo EXAME apurou, ele pode ser substituído ao longo do ano. Nunes é o maior acionista da Máquina de Vendas com 55%, seguido de Luiz Carlos Batista, antigo proprietário da varejista Insinuante, com 42%.

Com ou sem Nunes na presidência, o primeiro objetivo é arrumar a casa. No primeiro semestre, houve uma retração de 25% nas vendas, impactadas também pela crise econômica e pela greve dos caminhoneiros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário