SCHIN

SHOP DA CONSTRUÇÃO

SHOP DA CONSTRUÇÃO

domingo, 17 de junho de 2018

Morre aos 84 anos, Orlando Tapajós, o construtor de trios elétricos

O construtor de trios elétricos Orlando Tapajós, de 84 anos, faleceu na noite deste sábado (16), às 22h55, após período internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Tereza de Lisieux, em Salvador. Com a Caetanave, seu Orlando foi quem montou pela primeira vez a estrutura que deu origem ao modelo atual do trio elétrico (saiba mais aqui). No Instagram, o neto do carnavalesco, lamentou a morte do avô, a quem atribuiu a alcunha de a “última lenda viva da verdadeira história do Carnaval da Bahia”. “Fisicamente morre a última lenda viva da verdadeira história do Carnaval da Bahia, mas o seu legado está perpetuado, quem conhece a história do Trio Elétrico, sabe a que me refiro. Um homem que nunca largou o Carnaval da Bahia mesmo quando largaram ele”, escreveu. Em vida, Orlando Tapajós contou ao Correio que passava dificuldades. "Não tenho nada, só essa aposentadoria de R$ 900 e pouco, minha única renda oficial. Só de remédios, pago quase R$ 500 por mês. A sorte é que meu filho paga o aluguel e as contas de água e luz”, disse. Na postagem em homenagem a Orlando, postada no Instagram, o neto agradeceu o avô pelo aprendizado. “Meu avô Orlando Tapajós, obrigado por tudo. Obrigado por ter me ensinado de forma simples o que é ser um “Tapajós”, pois o “Tapajós” sempre foi e continuará sendo apenas o senhor. Engraçado que sempre me perguntam no meu meio profissional: ‘Neto, como você consegue isso?’, ‘Neto, você não desiste por quê?’ Etc etc... Pois bem, daí vem o alicerce da força e determinação da Família Tapajós”, escreveu Neto Tapajós ao postar uma foto de Orlando tirada no Carnaval 2018, o último registro do carnavalesco na festa que ajudou a criar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário