quarta-feira, 25 de outubro de 2017

MACARANI: Caso de estupro corre em segredo de justiça e terá primeira audiência nesta quarta-feira.

ADCEU CODEIRO PRESIDENTE DO CONSELHO TUTELAR
Há duas semanas, a equipe de Conselheiros Tutelares dos Direitos da Crianças do Adolescente de Macarani, foram alertados por denúncias anônimas de um caso em que um senhor de idade não revelada havia estuprado ou vinha estuprando com frequência uma criança.
Os Conselheiros fizeram a verificação da denúncia, encaminharam a vítima para exame de corpo de delito, e ao que tudo idica foi comprovado o fato. A Polícia foi acionada e o acusado foi preso, ficando a disposição da Justiça.


O caso está sendo mantido sobre sigilo quanto à identidade do acusado devido a idade do mesmo e também da vítima. Mas, segundo informações averiguadas peloRGBAHIA, a primeira audiência para ouvir o acusado será nesta quarta-feira (25) em horário também não revelado, quando o mesmo será ouvido pela Dra. Gisele Fátima Cunha Guimarães Ribeiro, Juiza da Vara da Infância e Adolescência da Comarca de Macarani.

Segundo o Presidente do CMDCA (Conselho Tutelar), Adceu Cordeiro:“Macarani é uma cidade pequena, e o sigilo do processo se justifica por questões de preservação da segurança do acusado, evitar constrangimentos para as famílias envolvidas e consequências psicológicas para a vítima”.