terça-feira, 20 de junho de 2017

Sem julgamento: acusado de matar pastora pode sair da prisão nessa terça, 20

Ainda sem ser julgado pela morte da pastora Marcilene Oliveira Sampaio, 38 anos, e sua prima, Ana Cristina, o “falso profeta” Edimar dos Santos Brito pode sair do Complexo Penal ainda nessa terça, 20.

O acusado de ser o mentor e autor do duplo homicídio sairia nessa segunda, 19, entretanto, um problema no alvará teria adiado a liberdade do presidiário em algumas horas.

A suposta companheira de Edimar esteve no complexo prisional até as 19h, o aguardando sair e afirmou que “o advogado estava bravo com o problema”. É possível que seu advogado esteja providenciando para que o acusado tenha liberdade nas próximas horas.

Desde quando ocorreu o crime, em janeiro de 2016, apenas Adriano Silva dos Santos foi julgado e condenado a 30 anos de prisão. Edimar e Fábio de Jesus Santos aguardam julgamento.