quarta-feira, 7 de junho de 2017

Diário de bordo de avião particular de Joesley registra viagens da 'família sr. Michel Temer'

O sócio da JBS, Joesley Batista, apresentou aos investigadores da Operação Lava Jato um diário de bordo de seu avião particular para confirmar o relacionamento próximo que mantinha com o presidente Michel Temer. Segundo informações da TV Globo, com base no site O Antagonista, nos registros da aeronave, de prefixo PR JBS, consta entre os passageiros de uma das viagens a "família sr. Michel Temer". O voo de ida aconteceu em 12 de janeiro de 2011 – à época, Temer ainda era vice-presidente. O avião partiu do aeroporto de Congonhas, em São Paulo, e foi para Comandatuba, na Bahia. Segundo o diário de bordo, a volta ocorreu no dia 14 de janeiro de 2011. O grupo foi buscado no hotel Transamérica Comandatuba, resort que tem pista particular para jatinhos e seguiu para Congonhas. Havia sete passageiros, entre eles, Temer e a família. A assessoria do Palácio do Planato informou que o então vice-presidente Michel Temer viajou para Comandatuba em abril de 2011 e não em janeiro daquele ano, usando um avião da Força Aérea Brasileira (FAB). "O então vice-presidente Michel Temer não foi a Comandatuba em janeiro de 2011. Ele foi no mês de abril para compromisso com o grupo LIDE e utilizou aeronave da FAB para seu deslocamento. Michel Temer também usou avião da FAB para deslocamento a Porto Alegre, no mês de janeiro", diz a nota oficial.