sábado, 15 de abril de 2017

Mulher morre eletrocutada enquanto fazia chapinha no cabelo


Maria Kamylla Santana Silva, tinha 28 anos e era técnica de enfermagem.
Foto: Arquivo Pessoal | Facebook

Uma mulher morreu na noite desta quinta-feira (13), em Olinda, Pernambuco, após levar um choque enquanto fazia chapinha no cabelo, com um aparelho que estaria com um fio desencapado. Maria Kamylla Santana Silva, tinha 28 anos e era técnica de enfermagem. O corpo foi encontrado pela mãe da vítima e foi imediatamente levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Tabajara, mas já chegou sem vida ao local. Maria Kamylla era casada e deixou dois filhos, um de 10 e um de 14 anos. (VN)