sábado, 15 de abril de 2017

João Leão é suspeito de receber R$ 100 mil não declarados em campanha

O Vice-governador e secretário de Planejamento da Bahia João Leão (PP) é suspeito de ter recebido R$ 100 mil, de forma não contabilizada, na campanha a deputado federal em 2010. A denúncia foi feita pelos delatores da Odebrecht José de Carvalho Filho e Luiz Eduardo da Rocha.
Conforme a denúncia, no ano de 2006 e 2014, também houve solicitação por parte de João Leão, mas em 2006 o pagamento foi recusado e, em 2014, os delatores não souberam dizer se o pagamento ocorreu. G1 BA