terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

FGTS: Depósitos de mais de 7 milhões foi feito incorretamente

FGTS: Depósitos de mais de 7 milhões foi feito incorretamente
O depósito do FGTS de mais de 7 milhões de trabalhadores não foram depositados corretamente de acordo com a Procuradoria Geral da Fazenda. Segundo informações do Bom Dia Brasil, da TV Globo, a situação envolve contas inativas, cujo saque foi liberado pelo governo federal, e contas ativas. Os profissionais que consultam o saldo das contas inativas também tem se deparado com outro problema: inconsistências nas contas, como a ausência da data de encerramento do contrato de trabalho. Sem a apresentação de um documento que comprove o fim do vínculo empregatício, o trabalhador não consegue sacar o dinheiro. Os trabalhadores são orientados para falar com o empregador e cobrar o depósito dos valores devidos, buscar o sindicato da categoria, ou ainda procurar a superintendência regional de trabalho. Mais de 200 mil empresas estão sendo cobradas por débitos no FGTS.