SCHIN

SHOP DA CONSTRUÇÃO

SHOP DA CONSTRUÇÃO

quinta-feira, 10 de novembro de 2016

Integrante do 'Baralho do Crime' morre em confronto com a polícia

Caso ocorreu nesta quarta-feira (9), em Elísio Medrado, a 150 km de Salvador.
Homem era procurado por tráfico de drogas e homicídios na RMS.

Integrante do Baralho do Crime foi morto em confronto com a polícia (Foto: Divulgação / SSP)

Um homem suspeito de homicídio e tráfico de drogas, integrante do "Baralho do Crime", da Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), morreu em confronto com a polícia na madrugada desta quarta-feira (9), no município de Elísio Medrado, distante cerca de 150 quilômetros de Salvador.
De acordo com a SSP-BA, Bruno de Oliveira Santos, o quatro de espadas do baralho, atuava na Região Metropolitana de Salvador (RMS) e estava sendo monitorado pela polícia, que descobriu que ele pretendia fugir para o interior de Pernambuco e o montou a ação para o impedir. Durante a abordagem, conforme a polícia, o homem reagiu e foi baleado.
Segundo a SSP-BA, o homem possuía quatro mandados de prisão expedidos em seu nome e era suspeito de participar diretamente de nove homicídios ocorridos em Camaçari, no fim do mês de agosto. Com o suspeito, os policiais apreenderam uma espingarda calibre 12, automática, de fabricação turca.
Conforme a SSP-BA, Bruno de Oliveira Santos era comparsa de Marivan Elias da Silva, mais conhecido como "Quila", o seis de Copas do "Baralho do Crime". A secretaria informou que a dupla perseguia os comparsas de Claudomiro Santos Rocha Filho, conhecido como "Nicão", preso em agosto deste ano, e os obrigava a trabalharem com eles. Quem não aceitava a nova parceria era torturado e, em alguns casos, assassinado, segundo a polícia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário