SCHIN

SHOP DA CONSTRUÇÃO

SHOP DA CONSTRUÇÃO

quinta-feira, 17 de novembro de 2016

Fortes chuvas causam alagamentos, derrubam árvores e antena na Bahia

Ruas de Ilhéus ficaram alagadas nesta quarta-feira (Foto: Arquivo pessoal)

Chuvas fortes atingem cidades na região sul da Bahia, importante destino turístico do estado, nesta quarta-feira (16), e provocam transtornos como alagamentos de ruas e estabelecimentos, queda de árvores e antena, destetalhamento de escola, desabamento de imóveis e deslizamentos de terra. A situação é registrada em ao menos nove municípios: Porto Seguro, Una, Ilhéus, Teixeira de Freitas, Prado, Eunápolis, Itabuna, Camacan e Ubaitaba.

Segundo informações do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), nas cidades de Porto Seguro e Una choveu 92,4 milímetros (em cada uma), volume considerado alto, nas primeiras horas do dia. A previsão é de que o tempo chuvoso permaneça nos próximos dias no litoral sul do estado, de acordo com instituto.

Em Porto Seguro, houve desmoronamento de uma encosta no bairro Baianão e queda de duas árvores na região da Cidade Histórica e Vilage. A Defesa Civil da cidade informou que não houve registro de feridos ou desabrigados.
Já em Ilhéus, houve desabamento de um imóvel e três deslizamentos de terra nesta quarta. Não há desabrigados e feridos, conforme a Defesa Civil.
Quinze árvores caíram nas margens da BA-415 e outros bairros da cidade. Uma antena de TV chegou a cair no teto de uma escola particular em Ilhéus por volta das 6h, mas ninguém ficou ferido, apesar de ter causado a abertura de um buraco no teto.
Parte do telhado de uma escola estadual também desabou durante a madrugada em Ilhéus, mas não houve feridos. Os bairros que registram maior número de alagamentos são Cidade Nova, Nelson Costa e a Avenida Soares Lopes. Conforme a Defesa Civil, choveu 65 mm nas últimas 24h na cidade.
Já em Teixeira de Freitas, há pontos de alagamento no bairro Bela Vista, mas segundo a Defesa Civil, não houve casos graves.
Em Eunápolis, o centro da cidade tem alagamentos. Também não há registro de moradores desabrigados, nem deslizamentos, de acordo com a Defesa Civil. O órgão ainda informou que está em alerta para o registro de ocorrências.
Na cidade de Prado, também chove com intensidade, mas não há registro de alagamentos, de acordo com a Secretaria de Meio Ambiente. Os ventos fortes que atingem a orla do município levaram areia para dentro das barracas. Apesar da situação, ninguém ficou ferido e os estabelecimentos funcionam normalmente.
Na BR-101, nos trechos entre Itabuna, Camacan e Ubaitaba, foram registradas quedas de sete árvores que causaram interdição parcial das pistas, de acordo com a Polícia Rodoviária Federal. O Dnit foi acionado para fazer a retirada, segundo a PRF.

Nenhum comentário:

Postar um comentário