SCHIN

SHOP DA CONSTRUÇÃO

SHOP DA CONSTRUÇÃO

domingo, 20 de novembro de 2016

Em Salvador, 'Novembro Negro' tem exposição sobre Martin Luther King

Exposição reúne obras sobre Martin Luther King (Foto: Carla Ornelas/GOVBA)
Para celebrar o mês da Consciência Negra, a Biblioteca Pública do Estado, no bairro dos Barris, em Salvador, sedia até o final de novembro a exposição ‘Martin Luther King: legado e inspiração’. O evento gratuito é composto por 15 painéis e textos sobre a vida e luta de um dos mais importantes líderes do movimento dos direitos civis dos negros no mundo.

A exposição foi produzida após parceria entre a Biblioteca Pública Thales de Azevedo e o Consulado dos Estados Unidos, localizado no Rio de Janeiro. Para a assessora da Fundação Pedro Calmon (FPC), unidade da Secretaria de Cultura do Estado (Secult), Cássia Magalhães, a exposição vai ajudar a população a refletir sobre importantes questões. “A luta dele [Luther King] teve um impacto no mundo todo, mas continua. O racismo não acabou", alerta.

Martin Luther King Jr. nasceu em Atlanta (EUA) em 1929, foi um pastor protestante e ativista político na luta pela solidariedade para a construção de um mundo melhor, baseado na igualdade de direitos sociais e econômicos dos EUA. Sua atuação foi fundamental nas mudanças que ocorreram na legislação do país norte-americano entre as décadas de 1950 e 1960, como as leis em Direitos Civis e a lei do Direito ao Voto.
As lutas de King se expandiram para além do continente americano. Em 1964, recebeu o Prêmio Nobel da Paz pelo combate à desigualdade racional através da não violência. King era odiado por segregacionistas, o que culminou em seu assassinato em 4 de abril de 1968, momentos antes de uma marcha, num hotel da cidade de Memphis.  O Dia de Martin Luther King Jr foi estabelecido como feriado federal dos EUA em 1986, além disso, centenas de ruas nos EUA também foram renomeadas em sua homenagem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário